logo

Um Cemitério para Lunáticos ou Uma Nova História de Duas Cidades

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • Um Cemitério para Lunáticos ou Uma Nova História de Duas Cidades
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789896688172
  • PVP 20.99 € (IVA incluído)
  • preço fixo até
  • 1ª Edição março de 2020
  • Edição atual 1
  • Páginas 320
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150x225x22 mm
  • Disponibilidade
    Disponível
  • Comprar

 

«Bradbury nasceu para escrever» - Margaret Atwood

 

Na noite de Halloween, um jovem argumentista de Hollywood recebe uma mensagem anónima para ir à meia-noite ao cemitério contíguo aos estúdios da Maximus Films, onde será surpreendido por uma «grande revelação». Ali depara com a figura arrepiante do antigo proprietário dos estúdios, supostamente morto há vinte anos. Terá visto bem, ou terá sido uma ilusão, uma partida de mau gosto? Em breve, ocorrerão outros estranhos acontecimentos ligados a um misterioso passado e a um monstro que anda à solta. Na tentativa de resolver todos estes enigmas, contando com a ajuda do detective Elmo Crumley e de uma plêiade de personagens excêntricas da Sétima Arte, o escritor vê-se enredado numa teia de segredos e escândalos que abrem a porta ao leitor ao mundo perdido dos anos dourados do cinema americano.

 Escrito com humor e imaginação delirante, Um Cemitério para Lunáticos é um dos romances mais icónicos de Ray Bradbury, um livro inclassificável, algures entre uma autobiografia inventada e um livro policial, que evoca, entre sombras e luzes artificiais, um passado deslumbrante.

 

«Nenhum escritor é comparável a Ray Bradbury.» - The New York Times

Ray Bradbury (Illinois, 1920 – Califórnia, 2012) é um dos mais influentes escritores norte-americanos do século XX e autor de mais de trinta obras de ficção, entre as quais se contam os célebres romances Fahrenheit 451, Crónicas Marcianas ou A Morte É um Acto Solitário, assim como centenas de contos. Escreveu igualmente para teatro, televisão e cinema, incluindo a famosa adaptação cinematográfica de John Huston do clássico Moby Dick.

Ao longo da sua carreira, obteve inúmeros prémios e distinções como a National Book Foundation's Medal for Distinguished Contribution to American Letters, em 2000, a National Medal of Arts, em 2004 e o Pulitzer Prize Special Citation, em 2007. A sua obra está publicada em mais de 45 países.

Livros publicados


O Zen e a Arte da Escrita

    Um livro único de um dos maiores escritores da literatura norte-americana. Um grande contador de histórias, um criador de mitos.

    A Morte É um Acto Solitário

      Um clássico da literatura norte-americana, e uma obra fundamental de Ray Bradbury.